Sobre Lentes de Contacto Coloridas

 
 
Sobre Lentes de Contacto Coloridas

Muitas pessoas desconhecem, mas as lentes de contacto não são uma invenção recente, relatos históricos demonstram que o inventor italiano Leonardo da Vinci (1452-1519) produziu os primeiros esboços de lentes de contacto em 1508; porém somente após 350 anos em 1827, o astrónomo inglês Sir John Herschel propôs a idéia de fazer um molde dos olhos de uma pessoa, para a produção de lentes de contacto correctivas.

Muitos anos se passaram, muitas pesquisas e experiências foram realizadas por diversas personalidades como o médico suíço Adolf E. Fick, o ótico francês Edouard Kalt, o optometrista americano William Feinbloom, os químicos checos Otto Wichterle e Drahoslav Lim, até que chegássemos as lentes de contacto de alta tecnologia que temos hoje.

O tema Lentes de Contacto Coloridas é bastante abrangente e é natural que surjam muitas dúvidas, principalmente quando a pessoa nunca utilizou nenhum tipo de lentes de contacto e pretende iniciar esta experiência.

Geralmente as lentes de contacto são utilizadas para a correcção de um problema óptico como miopia, astigmatismo e outros; porém nos últimos tempos as lentes de contacto têm sido utilizadas para fins estéticos para mudar a cor dos olhos.

O desejo de mudar a cor dos olhos

O desejo de mudar a cor dos olhos pode acontecer quando uma pessoa quer mudar o seu visual do dia a dia, ir a uma festa a fantasia, ou até mesmo compor uma personagem para um trabalho como modelo, ou actuar em um filme ou trabalho televisivo.

O surgimento das lentes de contacto coloridas, também conhecidas como lentes de contacto cosméticas deu-se início dos anos 80 e eram destinadas a alterar a cor da íris. Algumas eram translúcidas e o efeito na alteração da cor dos olhos dependia da interacção da cor da lente com a cor da íris. Outras lentes de contacto eram constituídas por um material opaco e permitiam que utilizadores com íris escuras pudessem aparentar ter olhos claros.

Apesar de ser considerada um acessório estético para mudança de visual, a utilização das lentes de contacto coloridas requer os mesmos cuidados que são necessários na utilização de lentes de contacto para a correcção de um problema óptico.

É importante que antes da escolha das lentes de contacto coloridas, o utilizador passe por uma consulta oftalmológica ou receba a orientação de um optometrista. Devem ser observados todos os cuidados sobre limpeza, conservação e troca das lentes no prazo indicado.

Existem lentes de contacto coloridas com graduação?

Sim existem lentes de contacto coloridas com graduação e lentes de contacto coloridas sem graduação (sem correção da visão).  Caso a pessoa tenha algum tipo problema de visão diagnosticado, deverá utilizar lentes de contacto coloridas para fazer a correcção do problema de visão que tem. O oftalmologista irá indicar o tipo de lentes adequado, bem como a graduação indicada para a correcção do problema.

Cuidados a ter na utilização de lentes de contacto coloridas

• Lentes de contacto diárias: Uma vez utilizadas não serão reaproveitadas e portanto não terá que se preocupar com a manutenção e os cuidados de limpeza
• Lentes de contacto de uso prolongado: Terão de ser limpas diariamente com o líquido desinfectante apropriado para o uso em lentes de contacto
• Observe sempre o prazo de validade das lentes de contacto coloridas, se a data da validade já tiver sido ultrapassada não a utilize
• Antes do manuseio das lentes é importante sempre lavar as mãos e secar com toalhas que não soltem fiapos, além de manter as unhas sempre curtas e limpas
• As lentes de contacto coloridas devem ser guardadas em seus estojos próprios devendo ser seguidas as regras de conservação, utilização, manutenção e limpeza caso sejam lentes reutilizáveis.

O uso de lentes de contacto para fins estéticos (mudar a cor dos olhos) pode prejudicar a visão?

Não é recomendado o uso contínuo das lentes de contacto coloridas, sem pausas na sua utilização. Como referido acima para que a utilização seja feita em segurança e que não cause nenhum dano expressivo aos olhos, a indicação e orientação de utilização deverá ser dada por um oftalmologista.

As lentes de contacto coloridas ficam iguais em todas as pessoas?

Não. Os olhos não são todos iguais, por isso as lentes não são todas iguais, são feitas de material e pigmentos diferenciados, por isso as lentes de contacto coloridas não ficam iguais em todas as pessoas.

Ao utilizar lentes de contacto coloridas vou ver tudo colorido ou vou ver normalmente, ou seja, verei os ambientes naturalmente?

A visão do olho humano dá-se através da pupila negra, o ponto negro que temos no centro da nossa íris. As lentes de contacto coloridas são transparentes no centro, portanto, elas apenas modificam a cor da íris, sendo assim a visão do utilizador não será alterada.

Para usar uma lente de contacto colorida com finalidade estética devo consultar um oftalmologista?

Sim deve. O oftalmologista irá aconselhar sobre a melhor lente de contacto colorida para o utilizador, em termos de marca, diâmetro, material, e graduação caso seja necessário a correcção de algum problema de visão.

Lembre-se, compre as suas lentes de contacto coloridas com graduação ou não, numa loja especializada em óptica, jamais compre em lojas de adereços e fantasias. É fundamental escolher lentes contactos de marca reconhecidamente confiável e de boa procedência. Siga as orientações médicas.

Quais os tipos de lentes de contacto coloridas?

Lentes de contacto coloridas de realce: Potencializam a cor natural dos olhos porém não transforma a sua cor verdadeira, confere apenas um destaque ou realce na cor.

Lentes de contacto coloridas opacas: Encontradas em tons ou cores fortes, alteram significativamente a cor dos olhos. Se você tem olhos escuros e busca uma alteração significativa em sua cor, essas são as lentes ideais para obter esse efeito.

Em ambos os casos existem também versões de lentes coloridas que corrigem miopia, hipermetropia e até astigmatismo.

Posso compartilhar minha lente de contacto colorida com uma amiga?

Nunca. Em hipótese alguma você deverá partilhar a utilização de sua lente de contacto coloridas. Compartilhar lentes de contacto é um dos erros mais perigosos. A utilização partilhada das lentes de contacto coloridas (ou não) com outra pessoa pode propiciar a transmissão de bactérias que podem pode ocasionar problemas gravíssimos, de alergias a infecções.

As lentes de contacto coloridas causam algum tipo de desconforto?

No início talvez o utilizador possa sentir algum desconforto que com o uso frequente e o passar dos dias irá desaparecer. Porém deverá ser observado se todos os procedimentos indicados na colocação da lente, bem como o manuseio das mesmas foram feitos correctamente. Caso o desconforto persista e o incomodo seja grande para de utilizar e consulte o oftalmologista.

É possível desenvolver alguma alergia ou intolerância as lentes de contacto coloridas?

Sim é possível e isso pode ocorrer por vários motivos desde a falta de lubrificação nos olhos, a utilização continua das lentes, sensibilidade que se desenvolve ao longo do tempo, ou ao uso dos produtos de limpeza das lentes. Só o oftalmologista é capaz de indicar a melhor lente para cada caso, bem como os colírios lubrificantes que são compatíveis com as lentes de contacto coloridas.